PODE UM CRISTÃO COPIAR UM CD DE LOUVOR, MESMO PARA SEU USO, SERÁ ISTO UM PECADO COTRA DEUS? 

 

Gostaria de lhe pedir que, ao se deter na leitura deste estudo, esteja com o seu pensamento voltado inteiramente para Deus, motivo principal do nosso louvor, lembre-se, caso voce discorde, só o faça com base nas escrituras, e não porque voce já decidiu em contrario, nesse caso, eu lhe pediria que nem continuasse, caso voce não aceite as argumentações biblicas aqui relatadas.

 

Sobre esse assunto, leia o que busquei nas paginas da internet, atribuido o referido escrito ao Irmão ELIAS DE OLIVEIRA.

Elias de Oliveira

A Pirataria e os Evangélicos
Pirataria, como os evangélicos estão se comportando?

LEIA E CONHEÇA SOBRE O ASSUNTO:
.

"Não sabeis que os injustos não herdarão o reino de Deus? Não vos enganeis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbedos, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus". (1Co. 6.9,10)
.

A pirataria tem invadido o meio evangélico de maneira vergonhosa, e não são os do mundo que a tem praticado em nosso meio, são os nossos "irmãos" que enganosamente ou não, estão lesando aqueles que se sacrificam para realizar seus trabalhos.
Antes de continuarmos é necessário entender o que é pirataria, pois o que temos observado são pessoas completamente desinformadas, que estão nesta prática simplesmente olhando para o financeiro enquanto condenam suas almas a perdição.

 .

Definição de Pirataria:

Roubar, Copiar (programa de computador, material audiovisual ou fonográfico, etc.), sem autorização do autor ou sem respeito aos direitos de autoria e cópia, geralmente para fins de comercialização ilegal ou para uso pessoal. Ou seja, todo aquele que está em tal prática, seja: copiando, comercializando ou usando, qualquer material ilegal é considerado pirata.
.

Definição de Pirata:

Ladrão, gatuno, sujeito audacioso, espertalhão, malandro, indivíduo que comete pirataria, que não respeita os direitos de autoria ou de reprodução que vigoram sobre determinadas obras ou produtos (literários, musicais, de informática, etc.), seja produzindo, ou utilizando cópias ilegais dessas obras ou produtos.
.

Os piratas são pessoas que não tem o menor respeito pela propriedade alheia, e nem imaginam quanto o produtor ou proprietário da obra investiu, não só a parte financeira, mas também o tempo, o sacrifício pessoal e familiar para a realização de seu trabalho, tais pessoas esperam um resultado no entanto encontram no seu caminho salteadores que sem a menor consideração, escrúpulo e respeito apropriam-se do que não lhes pertence, daquilo em que não investiram nada.
.

Mas o que mais nos entristece é saber que muitos lideres de Igrejas tem sido coniventes com esses atos, em total desrespeito não apenas ao proprietário da obra pirateada, mas também as leis que regem este país e principalmente a doutrina bíblica; o que esta acontecendo? É a pergunta que faço, será que a Igreja está se amoldando ao mundo, ou será que todos estão imaginando que Deus esta com a visão cansada e não vê o que estão a fazer.

Vamos observar o que diz Hebreus 3.12,13: "Vede, irmãos, que nunca se ache em qualquer de vós um perverso coração de incredulidade, para se apartar do Deus vivo; antes exortai-vos uns aos outros todos os dias, durante o tempo que se chama Hoje, para que nenhum de vós se endureça pelo engano do pecado"

Nós sempre anunciamos o Evangelho que transforma e liberta; apresentamos um Deus que muda o criminoso em um homem honesto e que respeita as leis, mas nos últimos tempos a Igreja tem caído em descrédito, pois, possui no seu rol de membros verdadeiros bandidos mascarados. Já chega de tudo isso, precisamos lembrar do que diz I Pedro 2.1 a 3 "Deixando, pois, toda a malícia, todo o engano, e fingimentos, e invejas, e toda a maledicência, desejai como meninos recém-nascidos, o puro leite espiritual, a fim de por ele crescerdes para a salvação, se é que já provastes que o Senhor é bom."

.
Diz a Constituição Federal na secção de Direitos e Garantias Fundamentais no seu artigo 5° § 27 - "aos autores pertence o direito exclusivo de utilização, reprodução ou publicação de suas obras";

Os direitos autorais estão garantidos na Lei nº 9.610 de 19 de fevereiro de 1998 que atualiza e consolida tais direitos no art. 5º § 7, art. 7º § 5, art. 9º, art. 28, art. 29, art. 87 e art. 93; O não cumprimento da Lei é um total desrespeito não só ao proprietário da obra gravada como também as autoridades constituídas.

 

O que nos ensina a bíblia?

Paulo escreve aos romanos 13.1 a 3 "Toda alma esteja sujeita às autoridades superiores; porque não há autoridade que não venha de Deus; e as que existem foram ordenadas por Deus. Por isso quem resiste à autoridade resiste à ordenação de Deus; e os que resistem trarão sobre si mesmos a condenação. Porque os magistrados não são motivo de temor para os que fazem o bem, mas para os que fazem o mal. Queres tu, pois, não temer a autoridade? Faze o bem, e terás louvor dela;"

Tito 3.1 a 5 "Adverte-lhes que estejam sujeitos aos governadores e autoridades, que sejam obedientes, e estejam preparados para toda boa obra, que a ninguém infamem, nem sejam contenciosos, mas moderados, mostrando toda a mansidão para com todos os homens. Porque também nós éramos outrora insensatos, desobedientes, extraviados, servindo a várias paixões e deleites, vivendo em malícia e inveja odiosos e odiando-nos uns aos outros. Mas quando apareceu a bondade de Deus, nosso Salvador e o seu amor para com os homens, não em virtude de obras de justiça que nós houvéssemos feito, mas segundo a sua misericórdia, nos salvou mediante o lavar da regeneração e renovação pelo Espírito Santo"

Que condições possuem essas pessoas de anunciar o evangelho, ou mesmo que evangelho é este que estão proclamando? Não podemos e nem estamos julgando ninguém, pois a bíblia diz em Mateus 7.1 "Não julgueis, para que não sejais julgados"; Estamos sim é dando um grito de alerta para que muitos não venham a perecer, pois a maioria acha que amar seu próximo é encobrir seus erros e pecados. Porem se vivem em desconformidade com as leis que regem nosso país e em práticas escusas, como esperam estar em conformidade com a doutrina bíblica?

A maioria sempre procura uma justificativa para seus atos ilícitos, alguns dizem que precisam sobreviver ou sustentar suas famílias, falam que foi a porta que o Senhor abriu; Amados quem vive as custas dos outros é parasita, como pode Deus ser participante ou conivente em um ato criminoso?

Tudo que não é adquirido de maneira lícita se torna maldição na vida do homem, muitos enganosamente pensam estar enriquecendo, mas na verdade estão voltando para a imundícia do mundo e afogando as suas almas na lama do pecado, esquecem de ler II Pe. 2.14 a 21 "tendo os olhos cheios de adultério e insaciáveis no pecar; engodando as almas inconstantes, tendo um coração exercitado na ganância, filhos de maldição; os quais, deixando o caminho direito, desviaram-se, tendo seguido o caminho de Balaão, filho de Beor, que amou o prêmio da injustiça, mas que foi repreendido pela sua própria transgressão: um mudo jumento, falando com voz humana, impediu a loucura do profeta. Estes são fontes sem água, névoas levadas por uma tempestade, para os quais está reservado o negrume das trevas. Porque, falando palavras arrogantes de vaidade, nas concupiscências da carne engodam com dissoluções aqueles que mal estão escapando aos que vivem no erro; prometendo-lhes liberdade, quando eles mesmos são escravos da corrupção; porque de quem um homem é vencido, do mesmo é feito escravo. Porquanto se, depois de terem escapado das corrupções do mundo pelo pleno conhecimento do Senhor e Salvador Jesus Cristo, ficam de novo envolvidos nelas e vencidos, tornou-se-lhes o último estado pior que o primeiro. Porque melhor lhes fora não terem conhecido o caminho da justiça, do que, conhecendo-o, desviarem-se do santo mandamento que lhes fora dado."

Queridos não é amor ou tolerância que está faltando de nossa parte, mas sim caráter, consciência e vergonha na cara por parte de todos que vivem no erro, ou será que nunca leram I Co. 15.34 "Acordai para a justiça e não pequeis mais; porque alguns ainda não têm conhecimento de Deus; digo-o para vergonha vossa".
.

Portanto estamos conclamando não apenas os Líderes Evangélicos, mas todo o povo de Deus para o combate a este ato criminoso, pois se protestamos contra o pecado como vamos agora fazer vista grossa a tais acontecimentos no nosso meio, ou será que a Igreja aderiu ao sistema de dois pesos e duas medidas?

I Ts. 4.4 a 7 "que cada um de vós saiba possuir o seu vaso em santidade e honra, não na paixão da concupiscência, como os gentios que não conhecem a Deus; ninguém iluda ou defraude nisso a seu irmão, porque o Senhor é vingador de todas estas coisas, como também antes vo-lo dissemos e testificamos. Porque Deus não nos chamou para a imundícia, mas para a santificação."

   Elias de Oliveira                                                                             B.S.Araújo.

                                                                                                      

 

Como se pode verificar, o ato não é ilicito, dependendo do fim que se dar ao mesmo, mas, o fato principal é não ter a autorização do ator.

Mas, a pergnta é: Se é pecado contra Deus copiar cd de louvor.

Pecado, nós já vimos, que quando nos apropriamos de algo que por direito pertence a outrem, cometemos um crime, logo, pecamos contra os homens e ofendemos a santidade de Deus. O nosso pecado não é pelo fato de copiarmos louvor, porque louvor não existe, num produto fruto de uma operação comercial, veja Jo. 2:15, Jesus expusou os que vendiam no templo. As pombas, eram usadas para o holocausto (louvor do judeu Lv. 1:14), e eram vendidas no templo com a intenção de “facilitar” aos judeus que subiam para adorar e louvar a Deus, assim, não teriam que sair procurando na cidade aonde encontrar pombas para comprar, não é isto que vemos hoje? Os cds não são também para “facilitar” o louvor? Cuidado, pois o diabo, usa as pessoas para gravar tais musicas, para que os verdadeiros adoradores não louvem ao senhor, porque o que é o louvor? “sacrifícios de louvor,que é o fruto de lábio que confessam o seu nome” Hb 13.15, no caso em questão, não é fruto de lábio e sim de cd, não pode ser louvor o fruto do comercio, do lucro, da vaidade da fama humana, hoje, muitos cantores que se dizem cristãos, que gravam cd, e usam o Senhor como garoto propaganda, não passam de instrumento nas mãos do diabo, usados, para que voce não louve ao Senhor com o fruto dos seus lábios, tenha pois muito cuidado, por que Deus vai lhe cobrar, e o Senhor Jesus vai lhe colocar do seu lado esquerdo e vai lhe dizer: Apartai-vos de mim malditos, para, o fogo eterno preparado para o diabo e seus anjos(os anjos do diabo, são, justamente aqueles que fazem a vontade dele, gravar um cd para fins de lucro, por exemplo, e chamar de louvor, para lhe impedir de louvar com o fruto dos seus  lábios). Voce pode até comprar um cd de musica sacra, más não o chame de louvor, porque não é.

Mas voce dirá, como já ouvi, muitas pessoas dizerem, mas o cantor  ou a catora tal e tal, é tão usado(a), quando canta, e o seu louvor, já operou tantas maravilhas, que, não tenho dúvida nenhuma em afirmar que é usada por Deus, tal pessoa. Quando estamos louvando a Deus, Ele, não opera tais maravilhas, porque se alguém acredita, nisso, está ofendendo a santidada de Deus, chamando-O de interesseiro, ou seja, operou, porque o louvamos, quando aparece algum sinal, é a presença do enganador, e não a de Deus, porque o diabo sim, este procura confudir o servo de Deus para que ele não-O louve. Vamos pensar um pouco sobre isto, se Deus opera através do cantico fruto de um comercio, por que Jesus expulsou os vendedores de pombas do templo? E mais, é inegavel, que cantor de musica, sacra, gospel, outro titulo que se dê, não fica nada a dever ao cantor de musica mundana.

Leia com muita atenção esse texto que copiei da internet, escrito por Elias de Oliveira .

Quero abordar especificamente a área do louvor. Sabe-se que os louvores puros, ungidos, sobem como aroma suave, agradável e move o coração do Pai Eterno.  

Em nossos dias há uma oferta muito grande na área musical; um número incrível de bandas, cantores, compositores, gravadoras, vendedores e fãs! É o mercado denominado de “gospel” que cresce rapidamente, enriquecendo a muitos e despertando em diversas vidas o desejo de tornar-se famoso, reconhecido no meio.

Os empresários têm investido com avidez nesta fatia de mercado; rentabilidade garantida, e consumidores dispostos a adquirirem as quinquilharias disponibilizadas, o fazem atrativos. Indiscutivelmente, o maior filão do mundo “gospel” é a Música! Os empresários conscientes deste momento importante têm investido grandes importâncias para fazer e divulgar o artista. Hoje as gravadoras evangélicas agem semelhantes às gravadoras seculares. Escolhem as músicas amparadas em tendências e com objetivos único, envolver as pessoas e vender o maior número possível de CD (Preços iguais aos dos artistas “do mundo”) Não quero desmerecê-los, porém, acho muito estranho o termo “artista” usado para designar tais cantores. A expressão Show define as apresentações destes em igrejas ou praças. Aparentemente, perdeu-se a simplicidade, a humildade. Os artistas gospel que estão no auge da fama, geralmente agem como superstar, cobram um cachê milionário e exigências dignas de uma estrela de grandeza maior; com direito a fã clube, autógrafos e outras vaidades humanas.

 

Os shows, verdadeiramente honram o termo; com fumaça, luzes, gritos e ingressos!

Se compararmos à luz da Bíblia, vamos descobrir que estes que se colocam como os Levitas da atualidade, não possuem nada em comum com aqueles levantados por Deus. Hinos de louvores, jamais devem ser instrumento de diversão ou passatempo! Cânticos de Louvores é para: Exaltar, Enaltecer e Glorificar ao Senhor.

Na outra ponta, está o mercado “gospel” ávidos por consumir: cds, shows e os muitos “penduricalhos” (camisas, pôsteres, revistas, fitas, etc) que compõe o kit louvor. É lamentável, mas, nota-se que uma parte muito grande destas pessoas não estão verdadeiramente prestando um louvor ao Senhor, dificilmente sabem e honram o que cantam. É visível a “tietagem” aos “artistas”. Os atos praticados pelos admiradores não deixam nada a desejar, são iguais aos fãs dos grandes ídolos mundiais. Particularmente, acho isto uma vergonha e uma desonra ao Todo poderoso; faz-me lembrar os momentos que Paulo e Barnabé viveram em Listra (At 14.8-18) Meditem!

No entanto quando entoamos tais músicas ou a ouvimos com o coração aberto e sensível, certamente o Mestre se alegra e recebe nossa Adoração. A música reproduzida por si só não glorifica a nada; mas, quando procede de lábios puros e de um coração lavado, perfeitamente sobe diante do trono do Pai. 

Veja algumas condições imposta por Deus para um perfeito louvor e os motivos pelos quais devemos louvá-Lo.

Condições:

- Com coração puro -  Sl 119.7 “Render-te-ei graças com integridade de coração, quando tiver aprendido os teus retos juízos.”
- Continuamente - Sl 35.28 “E a minha língua celebrará a tua justiça e o teu louvor todo o dia.”
- De todo coração - Sl 9.1 “Louvar-te-ei, SENHOR, de todo o meu coração; contarei todas as tuas maravilhas.” Mais: Sl 111.1 e 138.1 “

A Deus:

- Pela sua Santidade  - Ex 15.11 “Ó SENHOR, quem é como tu entre os deuses? Quem é como tu, glorificado em santidade, terrível em feitos gloriosos, que operas maravilhas?” Mais:    Is 6.3
- Pela sua Majestade - Sl 96.1,6 “Cantai ao SENHOR um cântico novo, cantai ao SENHOR, todas as terras... Glória e majestade estão diante dele, força e formosura, no seu santuário.” Mais:  Is 24.14
- Pelas suas Maravilhas  - Sl 150.2 “Louvai-o pelos seus poderosos feitos; louvai-o consoante a sua muita grandeza.” Mais: Sl 89.5 e Is 25.1

O homem precisa lembrar-se que Deus é um Ser vivo, real, sábio e conhecedor do coração humano. E aqueles que querem adorá-Lo, deve fazê-lo em Espírito e verdadeiramente (Jo 4.24) voluntariamente.
É preciso rever princípios e meditar muito para oferecer-se um perfeito e agradável louvor ao Rei dos Reis.

Ressalto:
Estas não são palavras de julgamento e não se aplicam à coletividade. Há no meio cristão, igrejas santas, puras e voltadas para a honra e glória do Senhor.

É uma conclusão de minhas observações.

Elias de Oliveira

Observe que o autor foi enfático no termo lábios, porque Deus recebe o louvor vindo de lábios puros. Muita gente entende o louvor, como sendo “canticos” na verdade é, porém quando nossos lábios pronunciam os feitos, o poder e a gloria de Deus, também O estamos louvando, por isto quando voce orar, comece por exaltar a Deus, como Jesus ensinou Mt.6:9

Isto que voce se habituou a chamar  de louvor em cd comercial, não passa de obra do diabo, para que  voce preencha todo seu tempo, entoando uma musica, fruto de uma operação comercial, e de sordida ganância.

Muito provavelmente voce já ouvviu alguém dizer: não se trata de  vender o louvor, e sim cobrar pelo trabalho e cobrir as despesas para gravar as musicas, não já ouviste? Porém, se a pessoa que quer cantar, para louvar ao Senhor, e nisto, não há o interesse do lucro, não precisa gravar nada, qualquer igreja, aceitaria um cantor ou cantora que queira louvar a Deus com sua voz  quer nos seus cultos no templo, quer nas reuniões de avangelismo, porém, isto não vai lhe trazer fama e nem vai receber tietagem alguma, mas, se for sincero o seu corração, Deus receberar como um cheiro suave.

Ainda posso destacar aqui, para que voce possa entender, que isto não é louvor, o que aconteceu em um templo famoso aqui no nosso país:

O "pastor" politico, querendo ganhar votos dos fâs de determinada cantoura, a promoveu "pastora" esse pobre e miseravel da palavra, precisa aprender muito sobre Deus, ou, será um forte candidato a ficar a esquerda do Senhor Jesus.

Quero deixar aqui, duas experiência que vivi:

A 1ª foi nos idos de 1985, naquela ocasião, eu havia passado num concurso publico, juntamente com os demais aprovados, fomos vitimas da inveja dos que lá se encontavam, e que não obtiveram aprovação para melhorarem sua posição no emprego, então boicotavam as informações que precisavamos, e por isto, ficavamos ociosos o tempo todo, foi quando encontrei um revista antiga e sem capa e faltando algumas páginas, começei a lê e encontrei um artigo que muito me decepcionou, uma entrevista com os “pastores”   medalhões de hoje, que estão ai, usando a midia para chamar, mais e mais membros para suas igrejas,  os qais, falaram naquela ocasião que, “a industria evangelistica no Brasil, ainda estava engatinhando, mas que , dentro de no mais tardar, dez anos, todos iam vê a força desta industria; Outra experiência foi em 2005, quando o “pastor” chegou para mim e pergntou se eu poderia financiar um grande evangelismo como nunca antes se fez no nosso bairro, como eu ainda estava na ativa, e meu salário que não era muito grande, mas, Deus sempre me abençou que sempre supria as necessidades minha e de minha família e ainda me permitia guardar algum, concordei com seu pedido. Quando foi no dia marcado, só eu e minha esposa, juntamente com outro casal que serviam ao Sehor, estávamos apostos para a distribuiçao de folhetos(comprados por nós), saimos às rua convidando os moradores para a grande pregação daqule fim de semana. Sabe o que aconteceu? O “pastor” convidou um desses “pastores” cantor, e o mesmo quando chegou, mandou que seu acomanhante entrasse para vê se a “igreja” estava cheia, ai então ele começou a dar o seu espetáculo, com banda de musica, começou por fazer propaganda dos cd’s a cantar as musicas comerciais, e depois, eu soube que o mesmo só se apresenta se a “igreja” vender 70 cd’s, o que levou a “igreja” a comprar esta quantidade sem prejuizo da barraquinha que ele mesmo armou para vender outros tantos.  

O que eu quero com isto? Simplesmente provar a voce que isto não pode de modo algum ser louvor, é uma atividade como outra qualquer que visa unicamente o lucro, com certeza, pode estar absolutamente certo, que tais cantores não são servos de Deus e se voce compra tais produtos como sendo louvor a Deus, voce perante Deus, está sendo conivente com os escarnecedores e certamente Deus vai lhe cobrar, se voce não sabe, caso não se arrependa, voce até o momento, juntamente com tais cantores, irar, sem sombra de dúvida, para o lado esquedo do Senhor, que lhe dirá, nunca vos conheci. Apartai-vos de mim, os que praticais a iniquidade. Mt. 7:23, voce, porque compra o produto que usa Deus como um garoto propaganda; o cantor, porque se presta para instrumento do diabo  para enganar o povo de Deus, vendendo a sua vaidade e o fruto da sua ganância dizendo tratar-se de louvor. Se voce quer louvar verdeiramente a Deus, faça suas, as palavras de todos os salmos citados acima.

De uma coisa, estejam certos, todos que lerem este relato, copiar para seu uso um cd, é pecado contra Deus, porque é crime na lei dos homens, e não é pecado, por ser um louvor, porque,  louvor não é, com toda certeza, e se alguem é realmente servo do Deus vivo, peça a Ele que lhe ilumine e medite nas refencias aqui citadas, não aceitando o que digo como definitivo, mas não recusando a orientação de Deus, lembre-se de uma coisa, Nadabe e Abiú oferceram louvor ao senhor e Deus os matou, porque? Porque oferceram fogo estranho ao Senhor Lv.10:2. Do mesmo modo é esse louvor feito com a chancela do lucro, não é louvor aceito por Deus, é isto sim, abominação aos seus olhos, cuidado pois, com o fogo que voce queima no altar de Deus.   

LOUVOR & ADORAÇÃO

1. A RAZÃO DE NOSSA EXISTÊNCIA

a) Fomos criados para o louvor e glória do Pai celeste. Ef.1:5,6

b) Devemos anunciar as grandezas de Deus - I Pe. 2:9

c) Tudo o que fazemos deve glorificar ao Senhor - I Co. 10:31

d) O livro de Salmos contém numerosas menções de uma vida de contínuo louvor, que deve ser praticada por cada cristão.

e) Jesus Cristo disse que Deus Pai procura adoradores Jo.4:23,24

. NÍVEIS DE EXPRESSÃO

a) pessoal,

b) na célula

c) no culto.

3. AS PRÁTICAS

Seguimos o ensino bíblico nas nossas práticas, exaltando ao Senhor com diversas expressões de louvor (físicas e espirituais):

· Cânticos – Sl.96:2; Ef.5:19; I Co.14:15; Tg.5:13

· Mãos Levantadas – Sl.63:4; Sl.88:9; Sl.119:48; Sl.141:2; Sl.143:6

· Palmas – Sl.47:1,5

· Danças – II Sm.6:14; Sl.150:4

· Vivas de Júbilo – Sl.89:15; Sl.66:1; Sl.98:4

(aclamar = aplaudir ou aprovar por meio de brados)

· Instrumentos musicais diversos – Sl.150

· Prostrar-se – II Cr.5:12;7:6

4. OS CÂNTICOS

a) Tem que estar em harmonia com a Palavra de Deus

b) Devem ser de fácil aprendizado

c) São cantados por toda a congregação

d) Cânticos espirituais – Ef.5:19,20

5. CÂNTICOS ESPIRITUAIS

São cânticos espontâneos dados pelo Espírito Santo no momento da adoração.

Ao usar o termo cântico espiritual, a Bíblia não quer dizer que outros cânticos como salmos e hinos não sejam espirituais, mas que há uma manifestação espiritual mais intensa neste tipo de cântico. Um hino pode ser cantado para Deus só com a mente, por ser lido, e isto não o desmerece, pois cantar com a mente também faz parte do louvor a Deus (I Co. 14:15). Porém, cantar com o espírito significa não depender da mente, mas deixar nosso espírito sob a inspiração do Espírito Santo fluir em cântico espontâneos e não premeditados.

Os cânticos espirituais podem se manifestar de duas formas:

1. Cântico ao Senhor – nós o louvamos, é dirigido a Deus.

Devemos praticar o cântico espiritual ao Senhor mais na vida privada e diária de adoração, onde com toda liberdade e intimidade expressamos nosso amor e gratidão ao Senhor. E visto que ele é unicamente dirigido a Deus, é desnecessário praticá-lo em público, a menos que seja entre nós mesmos e Deus; num culto público, toda a igreja poder ter um período de cânticos espirituais onde cada um entoa seu próprio cântico espontâneo ao Senhor.

2. Cântico do Senhor – profético, Deus falando com a Igreja.

(Do mesmo modo que os salmos , podem ser falados e/ou cantados, também a profecia pode ser falada ou cantada. I Cr.25:1 fala dos levitas "profetizando" com a música. Muitos salmos de Davi são proféticos).

É dirigido aos irmãos para o ensino, consolação e admoestação deles (Cl.3:16), portanto deve ser praticado em público. Contudo, como toda manifestação espiritual deve ser julgada (I Co.14), é necessário a concordância e consentimento do que está à frente da reunião; se for na célula, é o líder ou seu auxiliar que o substitui; se for em público, deve passar antes por um dos presbíteros.

autor.

Olavo sobreira

estou aberto a criticas e sujestoes:

sobreiraolavo@zipmail.com.br

www.estudosbiblicosnolar.net