OUVI UM ENSINAMENTO DE QUE DEUS PRECISA DE NÓS-ISTO É VERDADE?

 

Lá no jardim do Eden, Deus falou para o casal: “DE TODA ÁRVORE COMERÁS LIVREMENTE, MAS DA ÁRVORE DO CENHECIMENTO DO BEM E DO MAL NÃO COMERAS; PORQUE, NO DIA QUE DELA COMERES, CERTAMENTE MORRERÁS.”Gn. 2:16-17.

Diz a palavra que a serpente era o animal mais sagaz que todos os animais selváticos que o senhor Deus tinha feito, e esta disse à mulher; “é assim que Deus Disse: não comereis de toda árvore do jardim?”Gn. 3:1.

Podemos iniciar nossa meditação com uma pergunta, era a serpente uma criatura de Deus?

A resposta só pode ser uma, era. Mas, o que fez o diabo, colocou na sua boca palavras confusas para os ouvidos da mulher, veja que ela começou com uma interrogação, para saber como a mulher iria responder, e então ela poderia  arquitetar seu plano maléfico.

Do fruto das arvores do jardim podemos comer 2.

Mas do fruto da arvore que está no meio do jardim,disse Deus: Dele não comereis, nem tocareis nele, para que não morrais. 3

 

A mulher na sua resposta, acrescentou  palavras,  às palavras de Deus;  no meio do jardim; nem tocareis nele. E deturpou outra, “MORRERÁS”, por, “ para que não MORRAIS”

Deus não disse “no meio do jardim”, nem não tocareis nele, nem tão pouco disse, para que não morrais,Ele falou da arvore do conhecimento do bem e do mal, e deu a setença se comeres, certamente morrerás.

Comparando os dois termos; para que não morrais, com, certamente morrerás:

A ideia que fica da frase da mulher é mais ou menos assim, se comer morre; a ideia da frase de Deus é: se comeres um dia morrerás, veja, que são diferentes, uma da outra, uma age como se fosse um veneno, a outra, como uma enfermidade, o veneno mata em questão de horas ou até mesmo em minutos; a enfermidade, vai evoluindo até à morte que pode ser instatânea ou longa,Is.53:4 ora a palavra, diz que a mulher comeu do fruto, e deu também a seu marido, isto é; toma Adão! come, porque eu comi, e não me aconteceu nada, veja! estou ainda viva; pelo desenvolvimento, do diálago da mulher com a serpente, deduz-se que seu marido estava a uma boa distancia deles, porque, senão teria interrompido o diálogo, provavelmente.

Se Deus realmente precisasse do homem, não teria tirado aquela arvore dali, para que ele(o homem), não viesse a ser tentado pela beleza do fruto? (8). Foi mais ou menos assim: eu te digo para não comeres senão um dia morrerás, porém, se comeres, o problema é teu, arque com as conseqüências, analizando agora, se Deus precisa realmente de nós, Ele não teria dito mais ou menos assim: - eu te digo para não comeres, porque se comeres, morrerá um dia, e eu ficarei sem voces no meu jardim, no entanto, se Deus fez o homem do barro, e a mulher da costela desse mesmo homem, teria se acabado por acaso o barro que ele não pudesse fazer milhares de homens iguais e tantas costelas quantas Ele quizesse para fazer tantas outras mulheres? Se não existisse mais barro, até que podia ser.

Sabemos que existe muitas serpentes soltas por ai, que procuram confundir a mente de muitos para não entender o dom maravilhos do amor de Deus, ou seja; não se preocupem, Deus precisa de voce e por isto, vai sempre lhe perduar por qualquer coisa errada que voce faça, por mais errada que possa ser, o verdadeiro sentido desta palavra amaldiçoada, é que o homem possa sempre confiar em si mesmo, certo de que Deus nunca vai lhe cobrar nada, porque Ele precisa de voce. Mas, será isto uma verdade? Se fosse verdade, se Deus realmente precizasse de nós, como que Ele iria matar aquele que erra, será que não tentaria consertar aquilo que estivesse errado, assim como nós, que precisamos do nosso carro, e o mandamos consertar por aqueles que entende de veículos, tão logo aparece um defeito, Deus não iria consertar a nós também? Entretanto Ele diz em sua palavra, “a alma que pecar, essa morrerá. Ez. 18:4b, em outras palavras; se pecares, para nada mais servireis, a não ser para ser jogado fóra.  

Tenho assistido a pregações aonde o pregador diz que nós devemos desafiar a Deus, e exigir que ele nos abençõe retirando de nós a doença, o desemprego, o vicio da bebida de nós ou de nossos filhos, ou esposo(a), enfim, devemos nos impor a Deus que prometeu que nos daria tudo que pedissemos, isto é puramente ação do demonio, em nenhum momento Deus na pessoa do Senhor Jesus, nos prometeu curar a enfermidade de nosso corpo, ou, arranjar um emprego ou coisa semelhante, muito citam Isaias 53, afirmando que Jesus levou sobre si as nossas enfermidades Is. 53:4,e por isto, não devemos aceita a doença, a enfermidade que Jesus levou sobre si, foi aquela que nossos pais carnais na pessoa de Adão e Eva, lá no Edem nos legaram, foi a enfermidade que nos levou à morte espiritual Ef. 2:1.

Deus perdoa as nossas transgressões, porém as consequencias delas não é afastada de nós, como não afastou de Davi, II Sm. 12:10, outras doenças, são consequencias da limitçação do nosso corpo, limitação muitas vezes, não respeitada por nós, para isto, o Senhor dotou de sabedoria uma classe de pessoa para minorar o sofrimento dos enfermos, são os médicos, enfermeiros, dentista e todos os que trabalham na área da saúde, além do mais, se o Senhor curasse o corpo das pessoas, estaria com certeza desprezando aquele que se esforça para se formar em medicina, ou outra profissão, que nós sabemos ser muito dificil e requer muita vontade e dedicação total .

Sobre esse assunto, falaremos mais tarde no capitulo “CURA DIVINA”, agora o que temos aqui, é um questionamento de uma doutrina de demonios que estão ensinando nos templos que Chamam de “igreja” de que Deus precisa de nós, CUIDADO, isto é o proprio demonio falando com voce, como falou com Eva, ele que lhe confudir, não aceite tal ensinamento, mas, se voce insiste porque credita à pessoa que lhe falou tal asneira, uma santidade enorme, que o credencia como uma pessoa conhecedora da Palavra de Deus, isto é problema seu, certamente que Deus vai lhe cobrar um dia, ou voce ou a alguem que lhe é caro.

 

DEUS PRECISA DE NÓS ?

 

 

O que nos ensina o novo testamento, especialmente o senhor Jesus, o filho Amado do Deus vivo, que possamos entender o quanto nós é que precisamos de Deus.

 

“Dizia a todos: Se alguem quer vir após mim, a se mesmo se negue, dia a dia tome a sua cruz e siga-me.” Lc. 9:23

 

Tais palavras dita pelo Senhor Jesus, denunciam alguém que precisa de nós?

Vamos analisar detidamente estas palavras?

Se alguem quer vir após mim;

Ou seja, o Senhor Jesus disse, depois que eu seguir, se alguem de voces quiser me seguir, eu na frente e voces logo atras. – Parece que algém precisa? Quem vai na frente e é seguido por outrem dar sinal de que precisa de quem lhe segue?

A si mesmo se negue;

O que quer dizer se negue? Não é o mesmo que dizer: passe a não ter vontade própria? Ou, não satisfaça seus desejos?ou ainda, nunca mais pense em voce mesmo para nada, nem em qualquer lugar?

Tome dia a dia a sua cruz;

Isto é o mesmo que: aceite todos os sofrimentos, lamentos, dores, angustias, desprezo, enfim, toda maldade que lhe fizerem na caminhada de espinho – isto nos parece alguem que precisa se não lhe está oferecendo nada de bom?

E siga-me;

Mais uma vez o Senhor Jesus está afirmando que Ele irá na frente, e os que quizerem ir após Ele, terão que o seguir, se ele precisasse de nós será que Ele não diria: venham comigo? Porque quando alguem segue na frente, os seus seguidores poderão ir com ele, ou não, E aquele, que precisa do grupo que o segus, não vai na frente, pois o que fazemos com aquilo , ou aquele que precisamos, não será zelar, cuidar e principalmente, não nos aprtamos?  Se alguém me segue, é esse alguém que precisa de mim, e não, eu dele.

Em outra passagem o Senhor Jesus diz: Se guardades os meus mandamentos, permanecereis no meu amor; assim como também eu tenho guardado os mandamentos de meu pai e no seu amor permaneço. Jo. 15:10, veja que há uma condição, só permanecem no amor do Senhor, aquele que guarda os seus mandamentos, também Ele afirmou: O meu mandamento é este; que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei. Jo. 15:12, e ainda, acrescentou: Vós sois meus amigos, se fizerdes o que vos mando, Jo. 15:14, ora, quem precisa não dar ordem, mas, pede por favor, veja que o Senhor sempre impõe condições, faça isto e terás isto, quem precisa, jamais impõe condições, Ele também diz: Ide por todo mundo e pregai o evangelho a toda criatura. Mc. 16:15, vejá que o verbo está no imperativo, IDE,  se Ele realmente precisasse, certamente diria, por favor vá por todo mundo se voce puder, e pregue o evangelho, a toda criatura, ou pelo menos às que voce encontrar, o verbo é uma ordem que não admite recusa, é uma ordem imperativa, é revestida de autoridade, demonstra um poder sem limite.  

 

O apostolo Paulo afirmou; “Se anuncio o evangelho, não tenho de que me gloriar, pois sobre mim pesa essa obrigação; porque ai de mim se não pregar o evangelho!” I Co. 9:16.

Será que este versículo, com seu dizeres demonstra de alguma forma alguém que é indispensavel no trabalho do Senhor Jesus? Vamos analisar?

 

 

SE ANUNCIO O EVANGELHO, NÃO TENHO DE QUE ME GLORIAR...

Analisando: se anuncio o evangelho, não posso dizer que faço algo que me classifica como alguém que mereça elogios, recompensa, ou, gloria, não há nada aqui que es esteja fazendo que me dê uma condição de superior. (tudo isto está compreendido no, NÃO TENHO DE QUE ME GLORIAR);

 

POIS SOBRE MIM PESA ESSA OBRIGAÇÃO...

Quem é obrigado a fazer algo, pode dizer que é indispensavel, pode dizer que é alguém de quem se necessitam (precisa) dele? – Veja também que na conversão de Paulo o Senhor lhe disse: “mas levnanta-te e entra na cidade, onde te dirão o que te convém fazer.” At. 9:6, em outras palavras, o que é conveniente fazer ; o que é mais vantajoso fazer, se ele fosse neceesario, o Senhor certamente teria dito: mas levante-te e entra na cidade, onde te dirão o que eu preciso que voce faça;

 

PORQUE AI DE MIM SE NÃO PREGAR  O EVANGELHO;

 

Se Jesus precisasse dele, ele certamente teria dito: porque ai de jesus se eu não pregar o evagelho.

Os defensores desta amaldiçoada ideia que DEUS PRECISA DE NÓS, citam para justificar essa infeliz ideia, os convites que o Senhor fez , Mt.4:19; Mc.1:16, e também outro tipo de convite em Mt. 11:28-29. Os dois termos, são difrentes entre si;  PRECISAR = ter precisão ou necessidade de; - Carecer, necessitar; o particípio, precisado = necessitado, carente; - CONVIDAR = pedir o comparecimento de; chamar convocar. Em nenhum dos termo por eles defendido se encerra a ideia de que alguém precise, portanto a biblia não diz eu Deus precisa de nós, mas nos afirma que Dele recebemos graça para poder ser alguma coisa nessa vida, disse o apóstolo Paulo: “mas, pela graça de DEUS, SOU O QUE SOU...devemos aprende com o apóstolo Paulo, sempre nos humilhar na presença do Deus vivo, sobre esse tema, devemos consultar as escrituras Mt. 18:4 – humilde como uma criança, Mt. 23:12 – se humilher para ser exaltado; Lc. 18:14, outra vez o Senhor nos estimula a ser humildes para sermos exaltados; Tg. 4:10 e I Pe. 5:6, ambos nos aconselha a nos humilhar diante de Deus, só uma perguntinha: voce se humilha diante de quem está precisando de voce? Ou, Precisa aquele que se humilha?

Diante do exposto, se alguem lhe disser que Deus precisa de voce, lembre-se do inicio deste estudo, lembre-se do diálogo que houve entre a mulher e o demonio, lembre-se de como a mulher se deixou enganar, o diabo ainda confunde as pessoas e quer lhe confundir também, lembre-se que o apóstolo Paulo disse, pela graça de Deus, eu sou o que sou, em outras palavras sem a graça de Deus eu não sou nada, ora, se não sou nada, deus não precisa de mim, porém eu é que preciso e muito de Deus.

Esse estudo que voce ouviu, posso lhe afirmar com 100% de certeza, é um ensino diabolico, é coisa de demonio, usando a uma pessoa a quem se credita algum conecimento da palavra, justamente para que se torne mais fácil de se acreditar, isto é blasfemia, herizia ou coisa igual, cuidado, não se deixe levar por isto, é o diabo que está rugindo em redor das almas salvas pelo sangue do Senhor e Salvador Jesus Cristo.

Agora, se voce aceita como sendo isto uma verdade, e de nada adiantou meu trabalho para lhe mostrar e verdade, tenho pena de voce, porque certamente, Deus não lhe tem por inocente. Jesus falou para Natanael, Eis um israelita em quem não há dolo Jo. 1:47, isto, o Senhor estava dizendo mais ou menos assim; Eis ai um religioso em quem não existe maldade. Na verdade, Natanael era  ingênou, porque não conhecia a verdade, mas voce agora conhece, e se continuar assim, cabeça dura, aceitando os ensinamentos demoniacos que lhe ministram, certamente, que voce é um forte candidato, a ir para esquerda do Senhor naquele dia final, sem contar, que voce, dando ouvido às peripeças do inimigo, voce irar sofrer grande consequencias, ainda nesta terra, porque as consequencias o casal inicial, sofreu aqui na terra Gn.3:24

 

Podemos ainda nos dedicarmos a mais estudos deste assunto se lhe interessar.

Mande-me um e-mail.

sobreiraolavo@zipmail.com.br